GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 8 de maio de 2024

NÁUTICO - FUTEBOL FEMININO FORTALECIDO

Náutico anuncia investimento de mais de R$ 1,4 milhão no futebol feminino; saiba mais

Jogo entre Sport e Náutico, pelo futebol feminino - Foto: Rafael Vieira/FPF


Timbu obteve aporte por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo Federal



Náutico anunciou, nesta quarta-feira (8), o investimento de mais de R$ 1,4 milhão para a modalidade do futebol feminino. A captação de
recursos foi feita por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, através de um projeto enviado ao Ministério do Esporte em março deste ano. 

A Lei de Incentivo ao Esporte (LIE), de acordo com o Governo, "permite que recursos provenientes de renúncia fiscal sejam aplicados em projetos das diversas manifestações desportivas e paradesportivas distribuídos por todo o território nacional."

A LIE também diz que "por meio de doações e patrocínios, os projetos executados via Lei de Incentivo ao Esporte atendem crianças, adolescentes, jovens, adultos, pessoas com deficiência e idosos."

Em parceria com o Instituto Olé, o clube pernambucano teve o recurso validado na quantia exata de R$ 1.459.033,64. À Folha de Pernambuco, a vice-presidente do Executivo, Tatiana Roma, afirmou que a verba será destinada para investimentos em infraestrutura e capacitação das atletas.


“É o maior dinheiro que o Náutico já investiu no futebol feminino. Se somar tudo que ele [o Náutico] já investiu no futebol feminino, não dá esse quase um milhão e meio. A gente vai poder investir em infraestrutura para as meninas. Isso inclui material de fisioterapia, material específico para academia, para musculação e também o que a gente chama de custeio. Alimentação, suplementação, uma coisa que as meninas não têm hoje. Tudo isso vai ser possível com esse dinheiro. Alimentação adequada, pré-treino e pós-treino feito pela nutricionista”, iniciou a vice-presidente. 

"Falando de estrutura, é, por exemplo, um fisioterapeuta, porque a gente também vai poder custear profissionais. Então, fisioterapeuta exclusivo para elas, para quando estiverem treinando. Além disso, alguns equipamentos de academia que são necessários para elas. Apesar delas poderem usar a academia do profissional, tem alguns que elas precisam usar com mais frequência. Tudo isso pode ser comprado com essa verba”, finalizou.

Segundo Tatiana, o projeto já foi publicado no Diário Oficial e, a partir desse momento, começa a captação de recursos com empresas parceiras, que terão o valor integral investido no projeto abatido do imposto de renda. A previsão é que o investimento já seja realizado este ano.

Nesta temporada, a equipe Alvirrubra disputou a Série A3 do Campeonato Brasileiro feminino, mas foi eliminada ainda na primeira fase da competição pelo Acauã-AL. O próximo compromisso do Náutico será no Campeonato Pernambucano, que tem início previsto para setembro.

Inclusão nos estádios

Em mais uma ação de inclusão, o Náutico anunciou o lançamento de um espaço família no Estádio dos Aflitos.

O local, que fica entre os setores Hexa e Cadeiras, possui banheiro família, área de amamentação e espaço para descanso. Além disso, o ambiente possui uma sala sensorial para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Além da sala, os alvirrubros com TEA terão suporte de profissionais especializados em dias de jogos do Timbu nos Aflitos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário