GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sexta-feira, 5 de julho de 2024

COMPARANDO SITUAÇÃO DE LULA E BOLSONARO SOBRE JOIAS

Moro comenta indiciamento de Bolsonaro pela Polícia Federal
                                 Senador Sergio Moro Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

 

Senador comparou a situação ao ocorrido com o presidente Lula

 

Nesta quinta-feira (4), o senador Sergio Moro (União Brasil – PR) usou as redes sociais para questionar o indiciamento do ex-presidente Jair Bolsonaro no caso das joias pela Polícia Federal (PF). O parlamentar comparou o caso com o do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e disse que na época “tudo foi tratado como uma infração administrativa”.

Além de Bolsonaro, outros 11 nomes também foram indiciados pela PF. O ex-presidente foi indiciado por supostos crimes de peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

– Lula não foi indiciado por peculato por se apropriar de presentes que recebeu na Presidência. Mesmo durante a Lava Jato tudo foi tratado como uma infração administrativa dada a ambiguidade da lei. Os crimes foram outros. Há uma notável diferença de tratamento entre situações similares – apontou Moro ao comentar a situação.

Um comentário:

  1. É por essa e outras que a Polícia Política de Xandão está cada dia mais desmoralizada.

    ResponderExcluir