GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

PERNAMBUCANO ARRETADO


Brasileiro de 17 anos é admitido na universidade de Harvard

Estudante pernambucano de 17 anos é admitido na universidade de Harvard Foto: Arquivo Pessoal



João Victor Arruda ainda terá bolsa de estudo de 100% pelo programa EducationUSA



O brasileiro João Victor Arruda, de 17 anos, participou da seleção mais concorrida da história da Universidade de Harvard: foram dez mil inscritos para disputar 747 vagas. A grande concorrência não o impediu de conquistar seu lugar na instituição norte-americana, e ele ainda terá bolsa de estudo de 100% pelo programa EducationUSA.

O jovem pernambucano, do Colégio Militar de Recife, vai cursar Ciências Políticas a partir do próximo mês de setembro. O programa de bolsa irá auxiliar com o transporte e apoio financeiro para os primeiros meses nos EUA.

 Em seu perfil no Linkedin, João contou que desde o Ensino Médio se envolveu com atividades relacionadas às suas paixões: ciência e política. Os projetos passaram por pesquisas com células-tronco na Universidade Federal de Pernambuco, conferências Modelo das Nações Unidas e participação na 25ª Assembleia da Juventude da ONU em Nova Iorque.

Em 2020, João foi eleito Jovem Deputado Federal pelo Programa do Parlamento Juvenil e teve um projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional.

Além de João Victor, a universidade, que fica na cidade de Cambridge, Massachusetts, vai receber mais dois estudantes brasileiros, um de São Paulo e outro do Distrito Federal.

*Estadão

BRASILEIROS LIBERADOS

Trump libera entrada de brasileiros nos EUA

Foto: Reprodução


Restrições de voos estão em vigor desde maio de 2020

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve encerrar o seu mandato dando fim a um tipo de restrição aos brasileiros. De acordo com informações divulgadas na noite desta segunda-feira, 18, pela agência de notícias Reuters, o republicano decidiu encerrar a proibição da entrada de brasileiros em solo norte-americano.

Desde maio de 2020, o próprio Trump havia barrado a entrada de brasileiros nos Estados Unidos. Como justificativa, o presidente norte-americano falou em estratégia de combate ao novo coronavírus. Desde então, brasileiros ou qualquer outra pessoa que passou pelo Brasil tem de cumprir 14 dias de quarentena para poder desembarcar nos Estados Unidos.

Segundo a Reuters, a medida será anunciada oficialmente pela Casa Branca no decorrer das próximas horas. Ainda de acordo com a agência de notícias, o fim da restrição para brasileiros chegará ao fim no dia 26 de janeiro — quando o democrata Joe Biden já deverá ser o presidente em início de mandato. Além do Brasil, Trump deve suspender restrições para entrada de turistas de determinados países da Europa. 


CORONAVÍRUS

Médico francês voltou a atestar que hidroxicloroquina funciona contra a covid-19

Hidroxicloroquina | Foto: Divulgação/EMS

Didier Raoult usou o Twitter para garantir que o tratamento funciona

O médico francês, Didier Raoult, voltou a defender o uso da hidroxicloroquina combinada com azitromicina para combater a covid-19. “A eficácia do HCQ + AZ na redução da duração do transporte viral, demonstrada em nosso estudo IJAA, foi confirmada, com subsequente demonstração de eficácia na mortalidade,” anunciou em seu Twitter, nesta segunda-feira, 18. “Nunca mudamos de ideia”.

Raoult disponibilizou o link para os resultados que confirmam a ação do tratamento precoce. O artigo científico foi publicado por ele e sua equipe e foi publicado na National Library of Medicine (em tradução livre, Biblioteca Nacional de Medicina) dos Estados Unidos.

Antes da mensagem na rede social, alguns veículos de imprensa franceses veicularam que o médico teria reconhecido que esses medicamentos não funcionam para curar a doença causada pelo vírus chinês. Notícia que acabou sendo bastante repercutida pelos meios de comunicação brasileiros.

ARTUR PIVA

MAIS UMA DE GILMAR MENDES

Suspensa tramitação de inquérito contra desembargador de SP por supostas ofensas a guarda municipal de Santos (SP)

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a tramitação de inquérito instaurado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) Eduardo Siqueira, para apurar a suposta prática de crime de abuso de autoridade. Na decisão tomada no Habeas Corpus (HC) 196883, o ministro considerou plausível a alegação de que a decisão do STJ, ao determinar a abertura de inquérito, teria violado os princípios constitucionais da ampla defesa e do contraditório.

O pedido de inquérito foi formulado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) a partir de notícias veiculadas na imprensa sobre uma discussão, em julho de 2020, entre o desembargador e um guarda municipal de Santos (SP) que o multou por não estar usando máscara de proteção facial. Segundo as notícias, o desembargador, após dizer que não havia lei que o obrigasse a utilizar o equipamento de proteção, chamou o guarda de analfabeto, rasgou a multa e jogou o papel no chão.

O relator no STJ indeferiu o pedido de instauração do inquérito e determinou o arquivamento do procedimento, por entender que, a partir das alegações do MPF, não era possível deduzir que o desembargador tivesse invocado a sua condição de agente público para se liberar da obrigação legal de usar a máscara, mas apenas para explicar que o decreto municipal seria ilegal. No entanto, em exame de um recurso (agravo regimental), a Corte Especial do STJ, por maioria, determinou a instauração do inquérito.

Ausência de intimação

No HC impetrado no Supremo, a defesa sustenta que a decisão do STJ é nula, pois o agravo regimental foi levado a julgamento sem que o desembargador tivesse sido intimado para apresentar contrarrazões (resposta ao recurso), situação que violaria as garantias constitucionais da ampla defesa e do contraditório. No julgamento do recurso, segundo a argumentação, aquela corte entendeu que, por se tratar de questão preliminar antecedente à própria abertura de inquérito, não seria o caso do exercício do contraditório. Os advogados afirmam, ainda, que, como já havia audiência da PGR marcada com seu cliente, a continuidade do procedimento poderia acarretar prejuízos irreparáveis.

Direito de defesa

Ao deferir a liminar, o ministro Gilmar Mendes destacou que a Constituição de 1988 ampliou o direito de defesa, assegurando aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral, o contraditório e a ampla defesa, com os meios, recursos e impugnações inerentes. O ministro salientou que, de acordo com a jurisprudência do STF, o direito de apresentar contrarrazões aos recursos da acusação deve ser observado ainda na fase pré-processual, e o enunciado da Súmula 707 prevê que a falta de intimação nesse sentido constitui nulidade.

O relator destacou que, ainda que não seja possível depreender a fundo as razões da decisão do STJ, pois não foram juntados aos autos o seu inteiro teor ou as notas taquigráficas do julgamento, há verossimilhança na alegação de violação dos princípios do contraditório e da ampla defesa, uma vez que, como consta da certidão de julgamento, a habilitação do requerente ocorreu somente após o início do julgamento do recurso.

Mendes considerou, ainda, presente o perigo de dano de difícil reparação, em razão da informação de que o desembargador foi intimado pela PGR para prestar depoimento, por videoconferência, acerca dos fatos narrados. A liminar suspende a tramitação do inquérito até o julgamento final do HC no Supremo.

Fonte: STF

NOVA PESQUISA

Bolsonaro lidera corrida eleitoral para 2022, diz pesquisa

 Jair Bolsonaro lidera isoladamente o cenário para as eleições presidenciais de 2022, mas patina com outros candidatos nas apurações de 2º turno. É o que diz a nova pesquisa de pesquisa XP/Ipespe realizada de 11 a 14 de janeiro de 2021.

Hoje, o atual presidente teria 28% das intenções de voto, seguido por Sérgio Moro (12%), Ciro Gomes (11%), Fernando Haddad (11%) e Luciano Huck (7%). Os últimos 4 estão empatados tecnicamente, dentro da margem de erro, de 3,2 p.p..XP

Em cenários de 2º turno, Bolsonaro aparece numericamente à frente de todos os candidatos, menos de Sergio Moro. A situação, no entanto, se enquadra em empate técnico.

Cenário 1

Sergio Moro (sem partido): 36%;
Jair Bolsonaro (sem partido): 33%;
não sabe/não respondeu/branco/nulo: 31%

Cenário 2

Jair Bolsonaro (sem partido): 42%;
Lula/Haddad (PT): 37%;
não sabe/não respondeu/branco/nulo: 22%.

Cenário 3

Sergio Moro (sem partido): 43%;
Lula/Haddad (PT): 30%;
não sabe/não respondeu/branco/nulo: 28%.

Cenário 4

Jair Bolsonaro (sem partido): 38%;
Luciano Huck (sem partido): 34%;
não sabe/não respondeu/branco/nulo: 28%.

Cenário 5

Jair Bolsonaro (sem partido): 40%;
Ciro Gomes (PDT): 37%;
não sabe/não respondeu/branco/nulo: 23%.

Cenário 6

Jair Bolsonaro (sem partido): 44%;
Guilherme Boulos (Psol): 31%;
não sabe/não respondeu/branco/nulo: 25%.

Folha da República


PROBLEMA RESOLVIDO

Problema de oxigênio no Amazonas está equacionado, afirma Pazuello


Ministro e governador falaram sobre plano de enfrentamento à covid-19 no estado


O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, declarou em entrevista coletiva hoje (18) que o problema de abastecimento no estado do Amazonas está “equalizado”. Ele e o governador do estado, Wilson Lima, falaram sobre o plano de ações para enfrentar o colapso no sistema de saúde local, especialmente na capital Manaus.

O plano foi elaborado em resposta a uma determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandovski na sexta-feira (15). A partir de um pedido do PC do B e do PT, o magistrado estabeleceu que o governo federal teria até 48h para apresentar o plano e fornecer oxigênio e insumos ao estado.

Pazuello informou que o plano foi submetido ao STF ontem (17) e que será disponibilizado na página do Ministério da Saúde. Apesar de afirmar que o abastecimento de oxigênio estaria normalizado, o titular do Ministério admitiu a situação grave do estado. “Toda a logística está impactada, não é só oxigênio. Equipes de saúde estão no seu limite. Hospitais estão no seu limite. Médicos estão no seu limite”, destacou.

O governador do Amazonas reforçou que o abastecimento de oxigênio foi “equilibrado”, mas acrescentou que o cenário pode piorar. Isso porque o mês de fevereiro é tradicionalmente quando há mais casos de síndromes gripais graves, tendo um clima e ambiente propícios para a disseminação de vírus gripais.

“Temos preocupação para o mês de fevereiro. Ele historicamente é onde há maior quantidade de casos de SRAG [Síndrome Respiratória Aguda Grave]. Estamos nos preparando para a situação. Estamos trabalhando para ampliação de leitos. Uma enfermaria foi montada no estacionamento do hospital Delphina Aziz. Ainda temos fila significativa de pessoas que esperam atendimento”, contou Lima.

Crise

Tanto Lima quanto Pazuello buscaram explicar como a situação saiu do controle e as ações adotadas. Segundo o governador, no auge do primeiro pico da pandemia, entre abril e maio, o consumo de oxigênio chegou ao máximo de 30 mil metros cúbicos (m3). Já neste novo pico, entre dezembro e janeiro, o consumo médio saiu de 15 mil m³ para 75 mil m³.

Lima colocou que houve ampliação dos leitos na cidade, com 700 unidades criadas nos últimos dois meses. Agora, para além de Manaus está havendo uma preocupação com o interior, onde o sistema de saúde é menos estruturado.

O ministro da Saúde disse que a equipe da pasta tomou conhecimento do desabastecimento no dia 8 de janeiro. Ele negou a informação publicada na imprensa de que um ofício da Advocacia-Geral da União (AGU) ao STF revelaria que o órgão já tinha ciência da situação antes.

“Quando chegamos [a Manaus] no dia 4 [de janeiro] o problema era estrutura de leito. Não havia a menor indicação de falta de oxigênio. A quantidade de oxigênio que a White Martins fabrica por dias é de 28 mil m³ e o consumo era de 17 mil m³. A White Martins tinha flexibilidade de trazer quase o dobro. A elevação foi muito rápida. Tomamos conhecimento de que a White Martins chegou no limite quando ela nos informou”, comentou.

Pazuello elencou as medidas adotadas pelo governo. Até o momento foram removidos 90 pacientes para hospitais federais. Foram levadas “toneladas de equipamentos e insumos” ao estado e transportados “centenas de cilindros” em aviões cargueiros civis e militares. Um navio cargueiro da Marinha está em deslocamento para Manaus com 40 mil m³ de oxigênio.

Ele destacou os leitos habilitados (quando o ministério passa a custear parte das despesas), mas não detalhou o número. Um hospital de campanha militar foi deslocado para Manaus. Sobre o apoio com pessoal, o titular do Ministério da Saúde relatou ter selecionado e capacitado oito mil profissionais de saúde, tendo 300 já sido contratados. 

O governo brasileiro está em diálogo com o governo dos Estados Unidos para conseguir o apoio de um avião que auxilie no transporte dos cilindros. Mas, conforme o ministro, ainda não há data para que a aeronave comece a operar.

Outras cidades

Pazuello alertou que a crise em curso no Amazonas pode se replicar em outras cidades e estados. Ele destacou o período chuvoso no Norte e em parte do Nordeste neste início do ano como propício para a disseminação do vírus, enquanto no restante do país os períodos mais perigosos podem ser no inverno. Além disso, chamou a atenção para o fato de que a variante do novo coronavírus encontrada na capital amazonense já está em circulação em outros locais do país.

“Isso sim pode se replicar para outras cidades e pode se replicar quando chegarmos mais perto do inverno na região centro-sul. Vamos combater isso com vacina. É por isso que estamos tão ávidos por receber as vacinas, distribuí-las e imunizar a população. Esta é a grande ação efetiva para segurar a pandemia. E manter as estruturas que foram criadas, os leitos que foram criados para a covid-19 ativos nas regiões que poderão sofrer o impacto”, sublinhou.

Diario do Poder

ACIDENTE AÉREO EM TAMANDARÉ

Avião pequeno faz pouso de emergência em Tamandaré

Um avião de pequeno porte fez um pouso de emergência, no ínicio da noite desta segunda-feira (18), no município de Tamandaré, no Litoral Sul de Perambuco.

 O pouso aconteceu dentro das terras da Usina Santo André.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local às 18h50, mas todos as pessoas que se encontravam na aeronave - três tripulantes - estavam bem. A informação também foi confirmada pela assessoria de comunicação da prefeitura local. 

Haviam sido enviadas para o local duas viaturas, uma de salvamento, inclusive levando cães, e uma ambulância.

A Polícia Militar também foi acionada e investiga mais detalhes do ocorrido. 

Por Portal de Pernambuco


BRASIL TEM EXPERIÊNCIA

Início da vacinação atrasou, mas expertise em campanhas fará o Brasil dar show

As primeiras 4,5 milhões de doses serão aplicadas em dois ou três dias, algo que o Reino Unido levou 40 dias


A vacinação contra covid no Brasil começou “atrasada” segundo muitos críticos de plantão, nacionais e internacionais, mas nenhum deles levou em consideração a expertise de quase meio século em campanhas de vacinação em larga escala.

As 4,5 milhões de doses já distribuídas nesta segunda (18) às unidades da federação brasileira devem ser aplicadas em dois ou três dias, algo que a China demorou três semanas, Estados Unidos um mês e o Reino Unido, o primeiro país a vacinar, 40 dias. 

Apesar do estardalhaço, o Canadá não atingiu um milhão de vacinados, a Argentina nem 250 mil e o Chile ainda luta para chegar aos 100 mil.

 Israel, menor que Sergipe, menor Estado brasileiro, atingiu esta semana as 2,5 milhões de doses aplicadas e lidera o índice per capita.

O Brasil fará como velocista jamaicano Usain Bolt, que sempre largava mal, mas ao final era quem comemorava com a medalha no peito.

A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.


VACINAÇÃO NA UNIVERSIDADE

UFPE terá drive-thru para vacinação contra Covid-19

 A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) será um dos pontos de vacinação drive-thru do plano de imunização contra a Covid-19 da capital pernambucana, lançado pela Prefeitura do Recife, hoje, em cerimônia transmitida pela internet. Ainda sem data definida, a vacinação via drive-thru terá início no Módulo 2 da 1ª Fase do Plano Vacina Recife, que será iniciado a partir da chegada de novas doses da Coronavac à cidade. Além da UFPE, o Geraldão e o Parque da Macaxeira também terão postos de vacinação drive-thru.

Além desse sistema, a UFPE disponibilizou para o Governo do Estado espaços físicos nos campi Recife, Caruaru e Vitória de Santo Antão para a realização da imunização, além da sala de vacinação que já funciona no Hospital das Clínicas. O hospital-escola da UFPE tem capacidade de vacinar de 1,5 mil a 2 mil pessoas por dia. A Universidade também se propôs a disponibilizar oito ultrafreezers de 728 litros, certificados pela Anvisa, com controle remoto da variação de temperatura, e dez câmaras frias de 572 litros para acondicionamento de vacinas que demandam armazenamento entre 2°C e 8°C, o que totaliza uma capacidade de receber cerca de 1 milhão de doses de vacina contra a Covid-19.

Os equipamentos que a UFPE vai disponibilizar ao Estado, e também ofereceu à União, fazem parte da infraestrutura do Núcleo de Pesquisa em Inovação Terapêutica Suely Galdino (Nupit). Desde o início da pandemia, o Nupit já realizou cerca de 65 mil testes diagnósticos do tipo RT-PCR para 128 municípios pernambucanos.

Dividido em quatro fases, o Plano Vacina Recife planeja a imunização de 160 mil pessoas em sua primeira fase. Desse total, 33,5 mil pessoas serão imunizadas com as primeiras 67 mil doses previstas para chegar hoje à cidade. O público prioritário que será vacinado nessa primeira fase do Plano é composto por trabalhadores da linha de frente do enfrentamento da Covid-19; idosos com 60 anos ou mais que moram em instituições de longa permanência de idosos e trabalhadores dessas instituições; e pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência, além de moradores de residências inclusivas. Serão nove centros de vacinação, 65 salas e três drive-thrus em pontos diferentes da cidade, com vacinação agendada a partir do aplicativo Conecta Recife.

MANAUS 

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) disponibilizou 150 leitos, distribuídos em nove hospitais universitários federais do País que integram a rede administrada pela Ebserh para ajudar o estado do Amazonas. O HC vai disponibilizar dez leitos para esses pacientes com Covid-19. Para recebê-los, uma força-tarefa foi montada para redefinir os fluxos, reorganizar as equipes e redistribuir os leitos. Os pacientes de Manaus ficarão internados na enfermaria de Doenças Infecciosas e Parasitária do HC – espaço que passou por requalificação estrutural em julho do ano passado para garantir mais conforto e qualidade para os pacientes e profissionais. A data na qual os dez pacientes de Manaus irão chegar ainda não foi definida.


Magno Martins

CORONAVÍRUS

São Lourenco anuncia Plano Municipal de Vacinação

O prefeito Vinícius Labanca assinou, hoje, o Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19. A primeira fase de imunização em São Lourenço da Mata esta? prevista para começar na próxima quarta-feira (20), no Centro Social Urbano (CSU), que será? o principal ponto de vacinação da cidade. Além do chefe do Executivo, também participaram da assinatura do documento o secretário de saúde do município, dr. Claudio Falcão, e a coordenadora do Programa Municipal de Imunização (PMI), Ana Paula Machado.

A primeira fase de imunização contemplara? os grupos prioritários da cidade, compostos por trabalhadores da saúde; idosos a partir de 75 anos; idosos a partir de 60 que residem em casas de acolhimento e instituições de longa permanência, além de indígenas a partir dos 18 anos.

De acordo com o prefeito Vinícius Labanca, a cidade está? pronta para começar a vacinar. “Assinamos hoje o Plano Municipal de Vacinação que ira? reger as etapas de vacinação da nossa cidade. A vacina representa um grande avanço, não só? para ciência, mas também para todo o povo de São Lourenço da Mata. Estamos finalizando toda estrutura e logística de imunização e já? na última semana recebemos 17 mil seringas e agulhas que serão utilizadas nessa primeira fase. São Lourenço da Mata esta? pronta para imunizar seus moradores”, comemorou.

O secretário de saúde, dr. Cláudio Falcão, afirmou que todos os protocolos sanitários serão respeitados durante as etapas de vacinação. “A imunização será? realizada em consonância com os protocolos sanitários estipulados pelo governo do Estado. Iremos fazer a vacinação segura e responsável dos nossos moradores, com distribuição de álcool em gel, utilização de máscaras e distanciamento social. Além disso, iremos criar outros pontos de vacinação, que irão atuar de maneira itinerante. Uma equipe técnica ficara? destinada exclusivamente a? vacinação de pacientes acamados”, ressaltou. Cerca de 20 profissionais de saúde irão trabalhar nesta primeira fase de vacinação.


por Magno Martins

GOVERNADORES REVOLTADOS COM DORIA

 Pau em Dória 

Governadores presentes à distribuição simbólica da vacina criticaram a iniciativa do governo paulista de iniciar a vacinação no domingo. “É um gesto que coloca os outros governadores em situação de segunda categoria. Um gesto que envolve a saúde pública não pode ser transformado em campanha eleitoral. A solidariedade precisa ser respeitada e não o foi ao se iniciar a campanha quando os outros governadores não tinham sequer vacina em seu Estado”, criticou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Reação em cadeia 

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT-PI), reforçou as críticas ao governo paulista. “Foi uma decisão ruim. O Programa Nacional de Imunização é um programa nacional, que envolve todos os Estados. Deveria haver igualdade entre todos”, afirmou. A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), evitou comentar a aplicação da primeira dose em São Paulo. Por outro lado, ainda na reunião com os governadores, a chefe do Executivo estadual afirmou que "houve muito tumulto e descoordenação ao longo do período da pandemia.

CORONAVÍRUS

Municípios de Pernambuco devem ter acesso às doses da CoronaVac nesta terça (19)




A partir desta terça-feira (19), os municípios pernambucanos terão acesso às doses da vacina CoronaVac, que chegaram ao Estado na noite desta segunda (18).

As 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) serão responsáveis por receber os lotes encaminhados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), e cada município fará a retirada do quantitativo correspondente. Outros detalhes operacionais não foram divulgados a fim de prezar pela segurança durante a logística. 

As Geres são unidades administrativas distribuídas pelo território pernambucano. Cada uma abriga um conjunto de municípios e atua de forma mais localizada na atenção básica, na reestruturação da rede hospitalar, em ações municipais, no combate à mortalidade infantil e no combate às diversas endemias. 

Pernambuco recebeu 270 mil doses do imunizante da Coronavac/Butantan, enviadas pelo Ministério da Saúde (MS). Esse total deverá contemplar 135 mil pessoas, já que são necessárias duas aplicações para cada uma.  

Ficou acordado entre o Estado e os municípios que serão beneficiados, inicialmente, trabalhadores de saúde atuantes em UTIs e enfermarias de atendimento à Covid-19, além dos vacinadores, idosos em instituições de longa permanência, pessoas com deficiência institucionalizadas e indígenas aldeados. 

 Com o número de doses enviadas, serão vacinados 34% dos trabalhadores de saúde pernambucanos (mais de 99 mil) e 100% dos demais públicos: 26,5 mil indígenas, 2,5 mil idosos institucionalizados e 130 pessoas com deficiência institucionalizados. 

Todos os municípios do Estado serão contemplados com um quantitativo de doses equivalente à parte da sua população que se encaixe nesses grupos da primeira fase da imunização. O arquipélago de Fernando de Noronha também recebera um lote. Segundo a SES-PE, a data de entrega depende da disponibilidade de voo. 

A recomendação do Ministério da Saúde é que o intervalo entre a primeira e a segunda dose deve ser entre duas e quatro semanas. Segundo o laboratório Sinovac, desenvolvedor da CoronVac, o intervalo maior apresentou um nível maior de resposta imune em testes recentes. 

Em Pernambuco, a orientação, neste momento, é que a vacinação ocorra nos serviços de saúde, nas instituições e aldeias, ou seja, indo até o público prioritário. 

"Neste primeiro momento, de acordo com o quantitativo que vamos receber, nossa prioridade será imunizar os trabalhadores de saúde que estão atendendo pacientes da Covid-19 nas nossas enfermarias e leitos de UTI. Havendo doses, devem ser atendidos os serviços de urgência, atenção primária e agentes comunitários de saúde, respeitando a gradação de acordo com o perfil que cada município tem de sua rede de atenção à Covid-19", ressaltou o secretário estadual de Saúde, André Longo. 

A superintendente de Imunizações da SES-PE, Ana Catarina de Melo, informou que, para se vacinar, a população deve estar munida do CPF ou cartão SUS. 

"É importante que todos os municípios façam a alimentação diária e permanente do sistema de informação para que possamos acompanhar as ações da campanha e público vacinado", destacou Ana Catarina. 

André Longo informou ainda que, além das vacinas, os municípios também irão receber um cartão vacinal produzido pelo Governo de Pernambuco para o registro das doses. 

Por Portal Folha de Pernambuco

CORONAVÍRUS

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco

A técnica de enfermagem Perpétua do Socorro Barbosa dos Santos, de 52 anos, que trabalha na UTI IHospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), entrou para história nesta segunda-feira (18), por ser a primeira a ser vacinada contra a Covid-19 em Pernambuco.

Perpétua ressaltou que se sentiu vitoriosa e pediu, em entrevista à Folha de Pernambuco, para que todos tomem o imunizante. "Tomem a vacina, não deixe de tomar, que a esperança não deixa de acabar, tudo vai dar certo", afirmou, poucos minutos após a cerimônia onde foi imunizada.

Durante a cerimônia, logo após receber a primeira dose da CoronaVac, Perpétua falou ao microfone do evento: "Estou um pouco emocionada, porque é um momento histórico para mim e para todos. Quero dizer e agradecer a Deus por estar nessa oportunidade. Estamos vitoriosos diante dessa situação", afirmou.

 A vacina foi aplicada pouco antes das 22h em cerimônia com presença do governador Paulo Câmara e do secretário estadual de Saúde, André Longo, no HUOC, hospital de referência no combate ao coronavírus no Estado e local onde Perpétua trabalha há 25 anos na UTI do setor de Infectologia.

Após a imunização de Perpétuo, outros profissionais de saúde também foram vacinados esta noite.

Por Portal Folha de Pernambuco

CORONAVÍRUS

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco



O Estado de Pernambuco deu a largada na noite desta segunda-feira (18) para vacinação contra a Covid-19. A primeira pernambucana a ser imunizada foi a técnica em enfermagem Perpétua do Socorro Barbosa dos Santos, de 52 anos.

Perpétua se disse emocionada com o momento. "Estou um pouco emocionada, porque é um momento histórico para mim e para todos. Quero dizer e agradecer a Deus por estar nessa oportunidade. Estamos vitoriosos diante dessa situação", afirmou.

A vacina foi aplicada pouco antes das 22h em cerimônia com presença do governador Paulo Câmara e do secretário estadual de Saúde, André Longo, no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), hospital de referência no combate ao coronavírus no Estado e local onde Perpétua trabalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
 
A cerimônia aconteceu cerca de duas horas e meia depois de as primeiras doses da CoronaVac chegar a Pernambuco.

"Este é um dia histórico para Pernambuco com a chegada para a imunização contra a Covid-19. Deverá ser um divisor de água para o combate ao coronavírus em nosso Estado. É um marco histórico termos uma vacina em menos de um ano de enfrentamento de uma pandemia. Isso reforça o papel da ciência e da tecnologia contra aqueles que defendem o negacionismo e o terraplanismo", disse o secretário André Longo, em discurso antes do início da imunização. 

O governador Paulo Câmara chamou atenção para que os cuidados de segurança sanitária por parte da população devam permanecer mesmo após o início da vacinação. "O momento ainda vai precisar de muitos cuidados e etapas e muito ainda há que se fazer".

Câmara também lembrou que ainda faltam definições para o Plano Nacional de Imunização. "Precisamos ainda de definições dos próximos lotes de vacinas a serem enviados ao Estado. Temos inicio com essas 270 mil doses, a gente precisa da definição das próximas datas para se programar melhor", cobrou o governador.

Vacinas

O primeiro lote com 270 mil doses da vacina contra a Covid-19 chegou na noite desta segunda-feira (18), às 19h29,  no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, no Recife. As doses vieram em um voo comercial da Latam, que também contava com passageiros a bordo da aeronave.



SPORT - INICIANDO TRABALHO

Elenco do Sport inicia preparação no CT do São Paulo para o confronto contra o Corinthians

Após derrota, jogadores do Sport treinaram no CT do São Paulo (Foto: Assessoria/Sport)



Depois da derrota contra o Fluminense no Rio de Janeiro, o elenco do Sport viajou direto para São Paulo, onde joga contra o Corinthians


Depois da derrota para o Fluminense no último sábado, no estádio Nilton Santos, o elenco do Sport realizou um trabalho na academia do hotel, ainda no Rio de Janeiro, e prontamente seguiu viagem para São Paulo, onde enfrenta o Corinthians na próxima quinta-feira. Na manhã desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, que pertence ao São Paulo, os jogadores rubro-negros iniciaram a preparação para o próximo confronto fora de casa. 

No CT do São Paulo, os jogadores que foram titulares do Sport ou atuaram mais de 45 minutos contra o Fluminense fizeram um trabalho de recuperação física com o fisioterapeuta Bruno Gilberto, além de um treino físico mais leve, para evitar desgastes. Enquanto os demais atletas participaram de treinos técnicos e táticos sob supervisão e orientação do técnico Jair Ventura.  

O lateral-esquerdo Luciano Juba se juntou ao elenco do Sport na noite deste domingo. Mesmo suspenso após a expulsão contra o Fluminense, Júnior Tavares permanecem em São Paulo e segue treinando normalmente com o grupo, assim como o atacante Marquinhos, que não pode enfrentar o Corinthians por força contratual. Depois de cumprir suspensão, o meia Thiago Neves volta a ficar à disposição e deve retornar ao time titular.

Com a presença de Luciano Juba, outros sete jogadores formados pelas categorias de base do Sport foram relacionados para enfrentar o Corinthians. São eles: o goleiro Maílson, os zagueiros Adryelson e Chico, o lateral direito Ewerthon, o volante Ronaldo Henrique, o meia Gustavo e o centroavante Mikael. Desses, apenas Gustavo, de 18 anos, ainda não fez a estreia com a camisa rubro-negra profissionalmente.

O elenco do Sport permanece no CT do São Paulo até esta terça-feira, quando realiza mais um treinamento, desta vez com todos os jogadores juntos. Já na próxima quarta-feira, na véspera do duelo contra o Corinthians, os atletas finalizam a preparação no Estádio do Água Santa, durante a tarde. Atualmente na 14ª colocação, o Leão tem 33 pontos, três a mais do que o Bahia, primeiro time na zona do rebaixamento, mas com um jogo a menos. 

DP

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

NÁUTICO - PIOR VISITANTE DA SÉRIE B

Com sequência de 10 jogos sem vencer fora de casa, Náutico é o pior visitante da Série B

Náutico saiu de campo derrotado após início ruim em Campinas (Foto: Álvaro Júnior/Ponte Preta)



Última vitória longe dos Aflitos ocorreu contra o Oeste, próximo adversário do Timbu, pela antepenúltima rodada da Segunda Divisão


Entrando na última fase da Série B, com apenas três jogos para cumprir, o Náutico tem de lidar com uma estatística muito negativa, que tem freado a capacidade de reação do time, mesmo com os oito jogos invictos em casa. Após a derrota diante da Ponte Preta, por 2 a 0, em Campinas, o Alvirrubro chegou a 10 jogos sem vencer longe dos Aflitos, sequência que faz com que tenha a pior campanha como visitante entre os 20 clubes da Segunda Divisão. 

 Em 18 jogos fora de casa, o Timbu venceu apenas duas vezes, ainda sob o comando de Gilson Kleina. A primeira foi o triunfo diante do Guarani, primeira como visitante, e depois diante do Oeste, lanterna da competição na longínqua 17ª rodada, que volta a cruzar o caminho alvirrubro na próxima quarta-feira, às 19h15. Inclusive, o Rubrão ultrapassou o Náutico na tabela dos visitantes em seu último jogo ao bater o Cruzeiro por 1 a 0 e agora tem 11 pontos conquistados. 

Vale lembrar que as equipes que encerram o Z4 dos times mandantes na Série B são Vitória-BA e Botafogo-SP, ambos postulantes ao rebaixamento, com apenas 12 pontos conquistados em 17 e 18 jogos, respectivamente. 

Como mandante, por sua vez, a recuperação do Náutico é exemplar. Com cinco vitórias seguidas e oito jogos sem ser derrotado, o Timbu conseguiu voltar a ser dominante em casa. Já são 18 pontos nos oito jogos nos Aflitos no returno, melhor campanha, empatado com o líder América-MG, com um aproveitamento de 75%, mais que o dobro dos 37,1% dos pontos ganhos no recorte total da competição. 
 
Faltando três jogos para o fim da Série B, o Náutico terá dois jogos em casa, diante do Oeste (20/01) e CSA (30/01), no encerramento do campeonato. Já a última oportunidade de quebrar a sequência negativa como visitante, será diante do Cruzeiro, no próximo domingo. De acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, para praticamente garantir a permanência na Série B (99% de chance), o Timbu precisaria chegar aos 46 pontos, sete a mais do que tem no momento. 

DP